.::home::.
Sobre o Gepia
Equipe
Linhas de Pesquisa
Formas de Atuação
Pesquisas
Publicações
Artigos
Galeria de Fotos
Bibliografia
Agenda
Quem pode Participar
Contatos
 
 
 
 
 
 
 

 

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PESQUISA E GESTÃO DE
POLÍTICAS GOVERNAMENTAIS DIRIGIDAS À FAMÍLIA, À
CRIANÇA E AO ADOLESCENTE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ.
REITOR: Prof. Dr. Alex Bolonha Fiuza de Melo
VICE- REITORA: Profª. Ms. Marlene Rodrigues Medeiros Freitas
PRO- REITOR DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO: Prof. Dr. João Farias
Guerreiro.
CENTRO SÓCIOECONÔMICO
DIRETORA: Profª. Drª. Maria Elvira Sá
VICE-DIRETOR: Prof. Maurício Sena Filho
COORDENAÇÃO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO
COORDENADORA: Profª.Drª. Maria Antônia Cardoso Nascimento
VICE- COORDENADORA: Profª. Ms. Lília Iêda Chaves Cavalcante

CORPO DOCENTE
• Prof. Dr. Alfredo Wagner Berno de Almeida
• Prof. Dr. André Maurício Lima Barreto
• Prof. Dr. Dirk Oesselmann
• Profª. Drª. Edna Maria Ramos Castro
• Prof. Dr. Genylton Odilon Rego da Costa
• Prof. Dr. Helder Boska de Moraes Sarmento
• Profª. Drª. Heliana Baia Evelin Sória
• Profª. Drª. Irene Rizzini
• Profª. Drª. Josenilda Maués da Silva
• Profª. Drª. Maria Antonia Cardoso Nascimento
• Profª. Drª. Maria Elvira Rocha Sá
• Profª. Drª. Maria José de Sousa Barbosa
• Profª. Drª. Maria Vitória Souza Paracampo
• Profª. Drª. Yolanda Parecida Demétrio Guerra
• Prof. Ms. Armando Souza Lírio
• Profª. Ms. Celi da Costa Silva Baia
• Profª. Ms. Elisa Maria Almeida Vasconcelos
• Profª. Ms. Lília Ieda Chaves Cavalcante
• Profª. Ms. Maria Liduina da Oliveira e Silva
• Profª. Ms. Marilena Loureiro da Silva
• Profª. Ms. Sandra Helena Ribeiro Cruz
• Profª. Ms. Solange Gayoso da Costa
• Profª. Ms. Yolanda Shirley Cunha Martins de Barros
• Prof. Espec. Ari de Souza Loureiro

Apresentação:

O Curso de Especialização em Pesquisa e Gestão de Políticas Governamentais Dirigidas à Família, à Criança e ao Adolescente é parte do esforço de fomentar a capacitação para a investigação e para intervenção profissional em distintos contextos onde crescem e se desenvolvem meninos e meninas que fazem uso dos serviços oferecidos pelo poder público municipal.

Objetivos:

• Qualificar servidores/as municipais para investigar, avaliar, formular e executar políticas governamentais dirigidas à família, à criança e ao adolescente do município de Belém;• Possibilitar uma análise crítica do mundo contemporâneo, do
desenvolvimento local e do papel da política governamental nas ações municipais voltadas à Saúde, à Educação e à Assistência social;
• Municiar os servidores/as nas dimensões conceitual, política, pedagógica e ética e para formulação de práticas inovadoras no exercício de ações afirmativas, de combate à discriminação e de desenvolvimento regional e local.
A carga horária do curso foi de 420 horas/aula em modalidade regular. Foram ofertadas 40 (quarenta) vagas, sendo 6 (seis) oferecidas Curso de Especialização em Pesquisa e Gestão de Políticas Governamentais Dirigidas à Família, à Criança e ao Adolescenteàs trabalhadoras e trabalhadores desempregados, possibilitando-lhes o direito da educação continuada e a qualificação.
A Parceria entre o Poder Público Municipal e a UFPA Desde o ano de 1976 o Curso de Serviço Social, por meio do Departamento de Fundamentos do Serviço Social e do Departamento de Políticas e Trabalhos Sociais, vem qualificando profissionais docentes e não docentes em cursos de aperfeiçoamento e lato sensu, nas áreas de
pesquisa, planejamento, teoria e metodologia do Serviço Social e movimentos sociais.
A experiência da pós-graduação lato sensu em Serviço Social recobre os Estados do Pará e do Amapá. Com exceção dos cursos ministrados em Macapá, todos os outros foram oferecidos gratuitamenteà sociedade. As injunções econômicas e políticas que afetam as instituições públicas, em particular as universidades públicas brasileiras,
nos últimos anos inviabilizam o acesso gratuito ao ensino lato sensu.
O Curso de Especialização em Pesquisa e Gestão de Políticas Governamentais Dirigidas à Família, à Criança e ao Adolescente sinaliza para o papel efetivo das parcerias entre as instituições públicas no momento em que parece haver uma certa intenção de depreciar a imagem dessas instituições em nível nacional, em âmbito de América do Sul e até de Ibero-américa. A iniciativa que conjuga esforços do Grupo de Estudos e Pesquisas da Infância e Adolescência – GEPIA/UFPA, da FUNPAPA, da SESMA e do IPAMB/PMB, na forma de qualificação, de certo modo resgata a
relevância do sentido de serviço público e de servidor público tão menosprezado e deturpado no Brasil das últimas décadas, contribuindo para formação de profissionais mais críticos, competentes, inovadores e cientes de sua missão pública.
As monografias produzidas pelos alunos(as) do Curso foram apresentadas no “Seminário de Apresentação das Monografias do Curso Curso de Especialização em Pesquisa e Gestão de Políticas Governamentais Dirigidas à Família, à Criança e ao Adolescente de Especialização em Pesquisa e Gestão de Políticas Governamentais
dirigidas à Família, à Criança e ao Adolescente”, ocorrido nos dias 17 e 18 de agosto de 2004 no auditório do Centro de Capacitação da UFPA – CAPACIT.

Resumo das Monografias:

Grupo 1:
Eixo Temático: Políticas Governamentais e Expressões Artísticas e Culturais

1.1. Título:
ESCOLA - CIRCO EM CARTAZ: REGISTRO DE SABERES E SIGNIFICADOS
Autora: Lana Patrícia de Lemos Alves
Orientador: Prof. Dr. Alfredo Wagner Berno de Almeida
Este trabalho apresenta-se como registro da experiência do Projeto Escola Circo de Belém do Pará. Corresponde à sistematização de conteúdos, avaliações, práticas e conhecimentos construídos e apreendidos no período de 1997 a 2003. Sistematizar esta experiência significa revelar como vêm se processando as atividades no cotidiano de um espaço que articula assistência social, educação e arte e utiliza o
circo como linguagem e estratégia para a “inclusão” de crianças e adolescentes e suas respectivas famílias em um processo de formação e diálogo com a sociedade. O Projeto Escola - Circo é uma ação da Prefeitura de Belém coordenada pela Fundação Papa João XXIII, órgão responsável pela Política de Assistência Social no Município. Tal ação foi implementada com o objetivo de compor a rede de atendimento à criança e ao adolescente. Assim, aproveita a arte circense, que é
reconhecida historicamente como uma das mais antigas do mundo e referendada pelo seu poder de sedução, para efetivamente envolver de forma consciente pessoas em um processo de construção e desconstrução de trajetórias sociais.

1.2. Título:
PROJETO ALDEIA CRIANÇA – UMA EXPERIÊNCIA ARTÍSTICO-CULTURAL EM BELÉM SOB O OLHAR DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES
Autora: Doralice Pinheiro Lobato
Orientadora: Profª. Drª. Josenilda Maués da Silva
Este trabalho de pesquisa é um registro da sistematização de conteúdos teóricos e experiências realizadas no Projeto Aldeia Criança, que desenvolve atividades artístico-culturais com crianças e adolescentes na faixa etária de 7 a 17 anos, visando à valorização das manifestações culturais amazônicas, com ênfase na expressão carnavalesca, sendo uma ação da Prefeitura Municipal de Belém, coordenada pela Fundação Papa João XXIII (FUNPAPA). A pesquisa inicia com uma abordagem teórica sobre a Política de Assistência Social, que hoje se fundamenta numa política de direitos baseada na Lei Orgânica de Assistência Social. Apresenta ainda um breve estudo sobre determinadas concepções de Infância e Adolescência e sobre o vínculo arte-cultura na educação, que são os eixos que sustentam a metodologia no referido Projeto.

1.3. Título: MENINOS E MENINAS COM VIVÊNCIA DE RUA: COLETÂNEA DE FOTOS PUBLICADAS NA IMPRENSA PARAENSE ENTRE 1993 E 2002
Autora: Lúcia Helena Martins da Costa
Orientador: Prof. Dr. Alfredo Wagner Berno de Almeida
A monografia tem como objetivo geral contribuir na discussão sobre as condições degradantes a que estão submetidos muitos meninos e meninas pobres de Belém. O objetivo específico é sinalizar o papel da fotografia como um recurso de descortinamento da história social de crianças e adolescentes que moram na rua e usam cola de sapateiro. A escolha deste instrumento metodológico se justifica pela
possibilidade de desenvolver um estudo na área de políticas governamentais de assistência articuladas com o universo das artes visuais. O trabalho apresenta um conjunto de imagens fotográficas de meninos e meninas com vivência de rua, veiculadas pelo jornal O Liberal no período de 1993 a 2002.

1.4. Título: RITUAIS DE AGREGAÇÃO – UMA INCURSÃO ESTÉTICA PELA
HISTÓRIA DO GUAMÁ
Autora: Mary Jane Souza de Sousa
Orientadora: Profª. Drª. Edna Maria Ramos Castro
O paradigma científico clássico pouco tem considerado o movimento, a organização e a experiência oral das pessoas. Por essa razão, populações inteiras, e o bairro do Guamá é um exemplo disso, em geral, são classificadas, rotuladas, analisadas sob índices estatísticos diversos, com alusão à alta densidade demográfica, violência, analfabetismo, alcoolismo, desemprego, dentre outros. Rituais de Agregação - Uma
Incursão Estética pela História do Guamá, propõe a busca por uma autodefinição, sob o olhar do morador, que, através da tradição oral, descortina uma realidade trágica, transposta pelo prazer da criação artística, apresentando um universo simbólico rico e diversificado, baseado em valores distintos, contido nas festas e cerimoniais e presentes nos rituais sagrados e profanos.

Grupo 2:
Eixo Temático: Políticas Governamentais e Alternativas de Trabalho e Renda
2.1. Titulo: GERAÇÃO DE TRABALHO E RENDA EM BELÉM: UM ESTUDO SOBRE FORMAÇÃO E QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL DESTINADA ÀS FAMÍLIAS DO PROGRAMA BOLSA - ESCOLA
Autora: Maria e Jesus Tolosa Galvão
Orientadora: Profª. Drª. Edna Maria Ramos Castro
Neste trabalho estão contidas algumas reflexões sobre as transformações ocorridas na vida dos trabalhadores a partir dos avanços tecnológicos e do fenômeno chamado globalização que tem alterado a vida de milhões de pessoas no mundo todo. A conseqüência desta situação para a classe trabalhadora tem sido o estabelecimento da cultura do medo e da insegurança em decorrência principalmente do
desemprego estrutural. Em resposta a esse quadro, alguns trabalhadores têm se organizado na busca de estratégias que reiteram o trabalho como elemento fundante da existência humana. O poder público municipal de Belém tem procurado estar sintonizado com algumas políticas governamentais que visam à qualificação das famílias demandantes destas ações. O estudo desenvolvido registra a
experiência de qualificação do Programa Bolsa - Escola.

2.2. Título: ECONOMIA POPULAR SOLIDÁRIA E JUVENTUDE: A EXPERIÊNCIA DE GERAÇÃO DE TRABALHO E RENDA DE JOVENS EGRESSOS DO PROJETO SEMENTES DO AMANHÃ
Autora: Andréia de Barros Mendes.
Orientador: Prof. Dr. Helder Boska de Moraes Sarmento
O objeto de estudo deste trabalho refere-se ao registro da experiência de geração de trabalho e renda de jovens egressos do Projeto Semente do Amanhã, a saber, o processo de construção da Associação dos Produtores de Plantas e Artesanatos dos Jovens das Comunidades de águas Lindas e Aurá.

2.3. Título:
A LÓGICA OPERATIVA DO PROGRAMA DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL DE BELÉM, NO PERÍODO DE 2001 A 2003
Autora: Nádia Regina Félix dos Santos
Orientadora: Profª. Ms. Lília Iêda Chaves Cavalcante
O presente trabalho aborda aspectos da execução do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil na perspectiva das famílias atendidas. Os documentos institucionais também constituíram ferramentas fundamentais no processo de registro e apresentação da lógica operativa do Programa sob a Coordenação da Fundação João XXIII, onde se incluem aspectos relacionados à sua implantação e consolidação
no município de Belém.

2.4. Título: A EXPLORAÇÃO DO TRABALHO INFANTO-JUVENIL NO
MUNICÍPIO DE ABAETETUBA
Autora: Nilzaléia da Silva Santos.
Orientadora: Profª. Drª. Maria José de Souza Barbosa
Para compreender os determinantes históricos presentes na Exploração do Trabalho Infanto-Juvenil no Município de Abaetetuba, apresenta-se inicialmente um histórico sobre as legislações internacionais e as brasileiras que norteiam a proibição do trabalho infantil, destacando os avanços e retrocessos, referentes às faixas etárias para ingresso no mercado de trabalho. São apresentadas reflexões acerca da formação sócio-econômica e político-cultural, como determinantes centrais na inserção precoce de crianças e adolescentes no mundo do trabalho, em Abaetetuba. Ressalta-se o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil/PETI, como uma das possibilidades de enfrentamento dessa realidade.

2.5. Título: A RECONSTRUÇÃO DE UM COTIDIANO DE POSITIVIDADE: O PROJETO SEMENTES DO AMANHÃ COMO AÇÃO DE COMBATE AO TRABALHO INFANTO-JUVENIL
Autora: Elis Maria Junes de Souza.
Orientadora: Profª. Ms. Solange Maria Gayoso da Costa.
Este trabalho se constituí em um estudo sobre o Projeto Sementes do Amanhã, como uma estratégia da Prefeitura Municipal de Belém no combate ao trabalho infanto-juvenil no Aterro Sanitário do Aurá, que vem se efetivando por meio de ações articuladas entre as políticas setoriais e a sociedade civil organizada. As conclusões objetivas apontadas pelo estudo referem-se à retirada das crianças e dos adolescentes da situação de trabalho bem como às alterações de ordens subjetivas, como a reconstrução de um novo cotidiano na perspectiva da garantia de direitos.

2.6. Título: A SITUAÇÃO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE NO MUNICÍPIO DE BELÉM: Uma Análise Dos Indicadores De Desigualdade De Renda E Pobreza
Autor: Adebaro Alves dos Reis.
Orientador: Prof. Ms. Armando Lírio de Souza
O presente trabalho aborda a situação da criança e do adolescente no município de Belém por meio dos indicadores de renda e da pobreza. Para tanto, utiliza-se como fonte de informação a tabulação especial da Amostra do Censo Demográfico 2000 do IBGE para o UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância). A partir desses dados foram calculados vários índices, tabelas e gráficos que demonstram como vive
a maioria das crianças e dos adolescentes em Belém. Os dados apresentados mostram a expressiva desigualdade social belenense manifestados na renda das famílias, na etnia e no lugar de residência.

Grupo 3:
Eixo Temático: Políticas Governamentais e Saúde
3.1. Título: ANÁLISE DE PROCEDIMENTOS PREVISTOS DE ATENÇÃO À PESSOA IDOSA NO CENTRO DE CONVIVÊNCIA DA TERCEIRA IDADE DR. GURJÃO SAMPAIO DO IPAMB, NO PERÍODO DE 1998 A 2003
Autora: Rosa Maria Gonçalves Viana.
Orientadora: Profª. Drª. Heliana Evelin Baia Soria Para algumas pessoas, a temática do idoso está desvinculada do contexto do sistema de Seguridade Social, desconsiderando-se as questões específicas por ele apresentada. O estudo desenvolvido apresenta as principais demandas destes usuários das políticas
governamentais e discorre sobre as práticas desenvolvidas no Centro de Convivência da Terceira Idade Dr. Gurjão Sampaio, no interior do Instituto de Previdência e Assistência do Município de Belém – IPAMB.

3.2. Título: A INSERÇÃO DE MÃES ADOLESCENTES NO PROGRAMA DE PLANEJAMENTO FAMILIAR
Autora: Ivana Oliveira Ferreira.
Orientadora: Profª. Ms. Yolanda Shirley Cunha Martins
A gravidez na adolescência tem sido bastante debatida na sociedade de forma geral, demandando por parte das políticas governamentais, principalmente às vinculadas à saúde, um atendimento diferenciado. O presente trabalho visou descrever o Programa de Planejamento Familiar desenvolvido pela Unidade Municipal de Saúde do bairro da Sacramenta. Procurou-se identificar a concepção de planejamento familiar e de saúde das adolescentes mães inseridas no Programa.

3.3. Título: O INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA DO MUNICÍPIO DE BELÉM E O ATENDIMENTO TÉCNICO
Autora: Graciete Cunha Coutinho Silva.
Orientadora: Profª. Drª. Maria Antonia Cardoso Nascimento
A monografia registra a dificuldade de desenvolver uma investigação acadêmica quando se opta, como recurso metodológico, pelo uso de estatísticas e registros qualitativos produzidos no interior das instituições governamentais. O espaço institucional objeto da investigação é o Instituto de Previdência e Assistência do Município de Belém – IPAMB e a questão problematizada é o registro documental dos técnicos que intervêm diretamente nas demandas das servidoras municipais que procuram o Instituto em decorrência de problemas ligados à violência doméstica, principalmente àquela que se caracteriza pela agressão física de homens contra mulheres. A pesquisa chegou à conclusão de que inexiste registro de natureza social e psicológica sobre os atendimentos realizados.


Grupo 4:
Eixo Temático: Políticas Governamentais e Gênero
4.1. Título: VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONJUGAL: UM ESTUDO DE CASO COM MULHERES ALBERGADAS NO EMANUELLE RENDEIRO
Autora: Maria do Socorro Nascimento Lacerda.
Orientadores: Prof. Dr. Alfredo Wagner Berno de Almeida e Profª. Drª.
Maria Antonia Cardoso Nascimento
O século XX tem sido considerado por muitos estudiosos/as como o século das mulheres devido às conquistas alcançadas, principalmente no campo jurídico-institucional. Mesmo assim, a maioria das mulheres ainda estão submetidas a uma série de violações. O estudo de caso com mulheres vítimas de violência doméstica conjugal heterossexual atendidas no albergue Emanuelle Rendeiro Diniz, reitera a literatura que aponta a orientação de gênero assimétrica como uma das grandes
limitações das relações afetivas entre homens e mulheres no Brasil e, em particular, em Belém. O olhar de um grupo de mulheres entrevistadas quanto aos fatores de tensão que transformam o afeto em desafeto recai sobre a cultura machista que naturaliza a violência de sexo e de gênero, fazendo com que a maioria das informantes se tornem reincidentes do Albergue.

4.2. Título: MATRIFOCALIDADE: UM ESTUDO COM FAMÍLIAS CHEFIADAS POR MULHERES DO PROJETO ESCOLA - CIRCO
Autora: Shirleny Brito Santiago.
Orientadora: Profª. Drª. Maria Vitória Souza Paracampo
O estudo é resultado da pesquisa sobre matrifocalidade entre as famílias de mulheres atendidas pelo Projeto Escola-Circo da Fundação Papa João XXIII – FUNPAPA. Destaca-se a situação da mulher que tem como condição social a responsabilidade de garantir o provento material e afetivo de seus domicílios. A conclusão possibilitada pelo estudo é de que as múltiplas responsabilidades que essas mulheres têm que assumir prejudicam enormemente o seu processo de qualificação para o mercado de trabalho.

4.3. Título: MULHER, SAÚDE E FAMÍLIA
Autora: Nilvana de Jesus Silva Lobato
Orientadora: Profª. Drª. Maria Antonia Cardoso Nascimento
A maioria dos estudos sobre a instituição familiar concorda que esta se constitui o principal suporte afetivo, principalmente em casos de adoecimento. O trabalho apresentado tem como foco os limites colocados pela relação familiar no caso específico de mulheres acometidas por neoplasia de colo uterino requerentes dos serviços prestados pelo Centro de Atenção à Saúde da Mulher, vinculado à Secretária Municipal de Saúde. Os dados sistematizados resultantes das observações e das entrevistas realizadas indicam, que embora no discurso a mulher afirme a importância da acolhida familiar, especialmente aquela marcada por laços consangüíneos, esta não se concretiza. A maioria das mulheres enfrenta sozinha as buscas por tratamento.

4.4. Título: GÊNERO E A TESTAGEM DO HIV/AIDS NO CENTRO DE TESTAGEM E ACONSELHAMENTO – CTA/BELÉM
Autora: Marilda Tavares de Paula Oliveira.
Orientadora: Profª. Drª. Maria Antonia Cardoso Nascimento
A epidemia de AIDS no Brasil foi detectada no início da década de 1980 e de lá para cá várias questões foram colocadas, entre elas, a identificação e a estigmatização dos chamados grupos de risco. A homossexualidade masculina tornou-se a grande vilã da doença por Curso de Especialização em Pesquisa e Gestão de Políticas Governamentais Dirigidas à Família, à Criança e ao Adolescente muito tempo. Todavia, dados atuais têm chamado atenção para a feminilização da doença em mulheres heterossexuais com vida marital. O Centro de Testagem e Aconselhamento – CTA/Belém, vinculado à Secretaria Municipal de Saúde – SESMA, atua na prevenção das DSTS, principalmente da AIDS, possibilitando a percepção do comportamento do belenense sobre a doença. O estudo desenvolvido registra de forma sumária as demandas por gênero do CTA.

Grupo 5:
Eixo Temático: Políticas Governamentais e Serviço Social
5.1. Título: CONSCIÊNCIA ÉTICA: FATOR INDISPENSÁVEL AO EXERCÍCIO PROFISSIONAL DO ASSISTENTE SOCIAL
Autora: Vânia do Socorro da Silva Maia.
Orientador: Prof. Dr. Helder Boska de Moraes Sarmento
O presente trabalho problematiza a questão da ética como dimensão humana e profissional tendo como objeto empírico a prática profissional dos assistentes sociais. A banalização da ética como um atributo necessário à humanização da vida social tem implicado condutas profissionais que fazem dos juízos de valores o eixo condutor do exercício profissional.
5.2. Título: O PROCESSO DE INTERSETORIALIDADE DAS AÇÕES: UMA EXPERIÊNCIA DE GRUPO DE ESCUTA MÚTUA NO DASAC
Autora: Raquel Borges de Cristo.
Orientadora: Profª. Drª. Maria Antonia Cardoso Nascimento
O estudo contextualiza a ação governamental municipal por meio do instrumental de Grupo de Escuta Mútua desenvolvido com famílias vinculadas às ações realizadas pela Fundação Papa João XXIII, por meio do Projeto Aldeia Criança no Distrito Administrativo do bairro da Sacramenta (DASAC). O registro empírico descritivo informa como o Grupo de Escuta Mútua, que teve início no ano de 1999, se constitui um instrumental técnico relevante na intervenção profissional junto às famílias participantes do grupo, chamando atenção para as alterações observadas nas relações familiares. O estudo apresenta, ainda, as dificuldades enfrentadas na implementação e no desenvolvimento do instrumental utilizado.

5.3. Título: ADOLESCENTES AUTORES DE ATOS INFRACIONAIS: UM ESTUDO SOBRE A REALIDADE DO BAIRRO DO CURIÓ - UTINGA
Autora: Telma Santana Conceição das Mercês.
Orientadora: Profª. Drª. Maria Vitória de Souza Paracampo
O trabalho Adolescentes Autores de Atos Infracionais: um estudo sobre a realidade do bairro do Curió-Utinga apresenta dados sobre adolescentes envolvidos em práticas infracionais no referido bairro. O estudo é uma contribuição para que se conheça, ainda que infimamente, a vida daqueles adolescentes, o relacionamento com seus familiares, os atos infracionais que praticam. O que se percebe por meio da investigação é que tais adolescentes pertencem a famílias que convivem
com privações diárias, impostas por um sistema social que favorece o acirramento das desigualdades sociais, e estas, por sua vez, propiciam a expansividade da violência urbana.

5.4. Título: A INTERSETORIALIDADE COMO ESTRATÉGIA DE TRABALHO DO NÚCLEO DE APOIO Á FAMÍLIA
Autora: Vânia Maria de Andrade Bacelar.
Orientadora: Profª. Drª. Maria José de Sousa Barbosa
A intersetorialidade como estratégia de trabalho decorre de uma nova concepção de governo na formulação de políticas públicas, cujo objetivo é a universalização de direitos sociais à população, portanto, a valorização dos sujeitos “apartados” do usufruto de bens e serviços produzidos coletivamente pela sociedade. O trabalho do Núcleo de Apoio à Família – NAF tem buscado a construção da intersetorialidade, com
base em um debate entre projetos profissionais diferenciados e numa correlação de forças que têm contribuído para os avanços teóricometodológicos na trajetória histórica do NAF. Da ação individualizada à ação coletiva do trabalho eminentemente terapêutico intramuros à ação ampliada para a comunidade, os profissionais orientados pelo novo programa de governo popular buscam a universalização de direitos, a partir da intersetorialidade, visando superar a ação institucional
fragmentada.

Grupo 6:
Eixo Temático: Políticas Governamentais e Abrigamento
6.1. Título: ABRIGAR E DESABRIGAR: UM DUPLO DESAFIO NO ACOLHIMENTO DE ADOLESCENTES MÃES
Autora: Ana Wládia Silva Lima.
Orientador: Prof. Dr. Alfredo Wagner Berno de Almeida
O trabalho compreende o estudo com adolescentes mães acolhidas no abrigo municipal Dulce Accioli, no período de agosto de 2001 a dezembro de 2003. Tem por objetivo identificar e analisar os fatores que implicam o processo de desabrigamento das adolescentes mães. A observação participante, a consulta documental e a realização de entrevistas com as adolescentes mães consistiram nos instrumentais
metodológicos. A conclusão possibilitada pela investigação é de que existe um paradoxo entre as diretrizes jurídico–institucionais e as expectativas das abrigadas em relação ao tempo de permanência no abrigo.

6.2. Título: A REINCIDÊNCIA NO ABRIGO INFANTIL EUCLIDES COELHO FILHO: CONFIGURAÇÃO DO PROBLEMA E ESTRATÉGIAS DE INTERVENÇÃO
Autora: Regina Célia Maia Pinto.
Orientadora: Profª. Ms. Lília Iêda Chaves Cavalcante
A pesquisa sobre “A reincidência no abrigo infantil Euclides Coelho Filho: configurações do problema e estratégias de intervenção” resulta da reflexão sobre as possibilidades e os limites do abrigamento como forma de assegurar os direitos básicos de crianças que estabelecem vínculos sócio-afetivos frágeis com a familia, conforme prevê o Estatuto da Criança e do Adolescente. No centro da análise estão as causas da reincidência percebida pelos familiares dos abrigados, bem como os
mecanismos utilizados pelo Serviço Social para o enfrentamento da questão.

6.3. Título: ABRIGO GOVERNAMENTAL E O ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE: UMA EXPERIÊNCIA NO ESPAÇO DULCE ACCIOLI
Autora: Renata Helen Borges Ferreira.
Orientadora: Profª. Ms. Lília Iêda Chaves Cavalcante
O estudo desenvolvido com os técnicos, os educadores e a coordenação do abrigo Dulce Accioli tem como objetivo confrontar as ações realizadas cotidianamente no referido espaço com as determinações do Estatuto da Criança e do Adolescente em relação aos princípios que regem a política de abrigamento. O resultado da pesquisa
evidencia que alguns princípios são mais concretizados do que outros, principalmente aqueles que determinam a preservação dos vínculos familiares e a preparação gradativa para o desligamento.

Grupo 7:
Eixo temático: Políticas Governamentais e Educação
7.1. Título: ESCOLARIZAÇÃO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES EM SITUAÇÃO DE TRABALHO: UMA AVALIAÇÃO DO TRABALHO DESENVOLVIDO PELO PESR/FUNPAPA
Autora: Selma Maria da Silva Chaves.
Orientador: Prof. Dr. Genilton Odilon Rego Rocha
O Projeto Educação Social de Rua – PESR, desenvolvido pela Fundação Papa João XXIII – FUNPAPA, obedece às diretrizes do Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA, segundo o qual o trabalho infantil é uma violação aos direitos básicos das crianças. O objetivo deste estudo foi registrar o PESR como uma das alternativas utilizadas pela FUNPAPA no enfrentamento do trabalho de crianças, oferecendo a escolarização no espaço de concentração diária de meninos e meninas que tornam a
rua seu espaço privilegiado de socialização.

7.2. Título: O PROJETO AGENTE JOVEM NO CONTEXTO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE ASSISTÊNCIA AO ADOLESCENTE
Autora: Maria de Belém de Moura Guimarães.
Orientador: Prof. Dr. Genilton Odilon Rego Rocha
O estudo objetiva compreender a situação dos adolescentes dentro das políticas públicas, em especial as de assistência social. O objeto examinado foi o Projeto Agente Jovem de Desenvolvimento Social e Humano, desenvolvido no Município de Belém pela Fundação Papa João XXIII – FUNPAPA, no bojo do Programa Meu Primeiro Emprego. Os registros do Projeto destacam a importância da inserção do adolescente em situação de vulnerabilidade ao mercado de trabalho, todavia, o
grande nó da intervenção governamental encontra-se no momento de desligamento dos jovens que, ao entrarem em uma nova faixa-etária de vida, são desligados das ações que visam atender apenas os adolescentes.

7.3. Título: PRÉ-CONSTRUÇÕES SOBRE O PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO DE CRIANÇAS TRABALHADORAS
Autora: Josiete de Sousa Freitas.
Orientadora: Profª. Ms. Celi da Costa Silva Baia
O presente estudo faz uma abordagem sobre o imaginário de pais, professores e crianças que se reflete no discurso a respeito das dificuldades de aprendizagem da leitura e da escrita por crianças trabalhadoras. Tal situação é percebida principalmente na fala das crianças e dos professores que entendem que lugar de criança é na escola e que o trabalho precoce é prejudicial ao seu desenvolvimento
saudável . A pesquisa foi realizada junto aos sujeitos do Projeto Educação Social de Rua que atua no enfrentamento da problemática das crianças trabalhadoras no Distrito do Entroncamento.

7.4. Título: ATIVIDADES DE LEITURA PARA CRIANÇAS EM SITUAÇÃO DE TRABALHO: UM INSTRUMENTO NA RELAÇÃO EDUCADOR/EDUCANDO
Autora: Leiliane Sodré Rabelo.
Orientador: Prof. Dr. Genilton Odilon Rego Rocha
Apresenta a descrição e a análise das atividades de leitura desenvolvidas com crianças em situação de trabalho, pelos educadores sociais do Projeto Educação Social de Rua – PESR da Fundação Papa João XXIII – FUNPAPA em Belém. As atividades de leitura constam de diversas estratégias de que o educador social de rua lança mão como um instrumento dinamizador de seu trabalho no processo de aproximação pedagógica com crianças e adolescentes em situação de rua. Essas atividades são utilizadas como uma estratégia para a reflexão crítica da realidade social vivida por essas crianças, contribuindo para a busca de alternativas, provocando com isso, uma mudança no paradigma da leitura trabalhada dentro de instituições com o objetivo principal de criar leitores permanentes.

Grupo 8:
Eixo Temático: Políticas Governamentais e Sociedade Civil
8.1. Título: A POLÍTICA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL: A EXPERIÊNCIA DO PROJETO ALDEIA CRIANÇA
Autora: Teresinha Santana Natividade.
Orientadora: Profª. Ms. Elisa Maria Almeida Vasconcelos
O estudo discute as políticas de Assistência Social no âmbito do Município de Belém, trazendo como objeto de análise as atividades sócioeducativas e culturais dirigidas aos adolescentes vinculados ao Projeto Aldeia Criança da Fundação Papa João XXIII (FUNPAPA). A dimensão ideológica do Projeto e a percepção dos adolescentes que dele participaram durante o ano de 2001 se constituíram o suporte principal da análise.

8.2. Título: AS CONCEPÇÕES DE ASSISTÊNCIA SOCIAL: A VIA DA POSSIBILIDADE E A VIA DA IMPOSSIBILIDADE DOS DIREITOS SOCIAIS NA SOCIEDADE CAPITALISTA
Autora: Antonia da Costa Ferreira.
Orientador: Prof. Esp. Ari de Souza Loureiro
As concepções da Assistência Social são as bases que fundamentam esta monografia de especialização denominada “As Concepções de Assistência Social: A via da possibilidade e a via da impossibilidade dos direitos sociais na sociedade capitalista”, na qual é feita a correlação com questões que se tornam necessárias para a compreensão de como esta política vem sendo atualmente conduzida. Trata ainda da contribuição dos movimentos sociais na luta pela conquista dos direitos sociais, fazendo uma abordagem paralela na compreensão de como o Estado, nas últimas décadas, vem se retraindo e transferindo suas responsabilidades para a sociedade civil, fazendo com que os direitos legalmente reconhecidos sejam negados.

8.3. Título: ORGANIZAÇÕES DO TERCEIRO SETOR E O PODER PÚBLICO MUNICIPAL NA GESTÃO DOS SERVIÇOS À INFÂNCIA: UMA EXPERIÊNCIA DE CASO DAS REDES CONVENIADAS À FUNPAPA
Autora: Édila Barbosa Carvalho
Orientadora: Profª. Ms. Elisa Almeida Vasconcelos
O estudo aborda a temática do terceiro setor, em especial as redes conveniadas com a Fundação Papa João XXIII – FUNPAPA, que dispensam atendimento em regime de creches à criança de 0 a 6 anos de idade. Para melhor visualizar a situação das creches populares tentou-se recuperar a trajetória histórica deste equipamento social
destacando a prática meramente assistencialista e a apropriação do poder público como demanda de direito imposta pelos movimentos sociais, principalmente os movimentos de mulheres. O estudo elegeu como abordagem analítica uma reflexão crítica a respeito da gestão de parceria entre o terceiro setor e o governo municipal de Belém que tem rebatimento direto na qualidade dos serviços ofertados às crianças que deles dependem.

8.4. Título: DO “CANTO” PARA A CIDADE – RESSIGNIFICANDO A CONCEPÇÃO DE CRIANÇA E ADOLESCENTE EM BELÉM (a experiência da Fundação Papa João XXIII)
Autora: Maria José Chagas Torres
Orientadora: Profª. Ms. Sandra Helena Ribeiro Cruz
Este trabalho apresenta uma incursão sobre a construção da Política de Atenção à Criança e ao Adolescente na cidade de Belém, com um enfoque direcionado à ação governamental da Assistência Social voltada às meninas e aos meninos em situação de rua. Situação dos movimentos sociais, suas relações com o Estado e sua interferência na formulação de políticas públicas, localizando o processo histórico de luta e mobilização social em defesa dos direitos da criança e do adolescente
até a promulgação do ECA. Historiciza a construção da política contextualizando o período compreendido entre os anos de 1993 a 2003, as mudanças de paradigmas que ocorreram na implementação das ações e o diálogo com os movimentos sociais para essa construção. Refere-se à trajetória da educação social de rua na cidade de Belém, os avanços alcançados e os desafios que estão postos para sua plena efetivação.

8.5. Título: REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DOS ADOLESCENTES DO PROJETO AGENTE JOVEM: UM ESTUDO SOBRE A EXPERIÊNCIA DO PROTAGONISMO JUVENIL EM BELÉM
Autora: Cléa do Socorro Demeteri.
Orientadora: Profª. Ms. Marilena Loureiro da Silva.
O estudo sobre a experiência do protagonismo juvenil em Belém procura desvelar a compreensão das representações sociais que emergem das percepções e vivências dos adolescentes vinculados ao Projeto Agente Jovem de Desenvolvimento Social e Humano desenvolvido pela Fundação Papa João XXIII – FUNPAPA. O estudo envolveu oito adolescentes na faixa-etária de 15 a 17 anos e 11 meses do grupo que funciona no Liceu de Artes e Ofícios Ruy Meira. O recurso metodológico utilizado foi a entrevista não diretiva e a técnica de observação. O resultado da pesquisa constatou que o Projeto contribui para a formação pessoal do adolescente.

8.6. Título: PERFIL DOS CONSELHEIROS TUTELARES DO MUNICÍPIO DE BELÉM
Autora: Norma Miranda Barbosa.
Orientadora: Profª. Ms. Lília Ieda Chaves Cavalcante
O trabalho apresenta um perfil sócio-econômico e cultural dos Conselheiros Tutelares que atuam em cinco Distritos Administrativos do município de Belém, destacando limites e dificuldades apresentadas na rotina de trabalho pautada pela defesa dos direitos da criança e do adolescente.

8.7. Título: A CRIANÇA E O ADOLESCENTE COMO SUJEITO DE DIREITO A UM BENEFÍCIO PREVIDENCIÁRIO: A QUESTÃO DA REPRESENTATIVIDADE
Autor: Alexandre Ripardo Pauxis.
Orientadora: Profª. Drª. Maria José Sousa Barbosa
A lei determina que o tutor administrará os bens dos tutelados, em prol destes. O estudo desenvolvido no âmbito do Instituto de Previdência e Assistência do Município de Belém –IPAMB constatou uma outra realidade. Por meio do acompanhamento e exame de dois pensionistas menores de idade verificou-se a inobservância do
mandamento legal por parte dos tutores, caracterizando-se o interesse financeiro destes na pensão dos tutelados para uso próprio, bem como o exercício de outros tipos de violência em decorrência da pensão.

Grupo 9:
Eixo Temático: Políticas Governamentais e Sexualidade
9.1. Título: ABSTRAÇÕES CONTEMPORÂNEAS SOBRE HOMOSSEXUALIDADE: UM OLHAR SOBRE A HOMOSSEXUALIDADE DIANTE DA CONCEPÇÃO DOS TÉCNICOS DE NÚCLEO DE APOIO À FAMÍLIA
Autora: Eli do Socorro Pinheiro Teixeira.
Orientador: Prof. Dr. André Maurício Lima Barreto.
O objeto de estudo do trabalho é a análise das concepções acerca da homossexualidade masculina em adolescentes que permeiam as intervenções/acompanhamento junto às famílias que enfrentam esta realidade, como uma tentativa de demonstrar que as concepções técnicas pautadas apenas em juízo de valores negativos sobre a homossexualidade trazem prejuízo à qualidade dos serviços prestados pelas políticas governamentais.

9.2. Título: EXPLORAÇÃO SEXUAL: (RE)APRESENTAÇÃO DO SIGNIFICADO DA COMERCIALIZAÇÃO DO CORPO
Autora: Roberta Gilet Brasil.
Orientador: Prof. Dr. André Maurício Lima Barreto
Esta pesquisa foi elaborada a partir de atendimentos psicológicos a adolescentes consideradas exploradas sexualmente e assistidas pelo Projeto Tamba-tajá/Sentinela, vinculado à Fundação Papa João XIII - Curso de Especialização em Pesquisa e Gestão de Políticas Governamentais Dirigidas à Família, à Criança e ao Adolescente FUNPAPA. Objetivou-se descrever a relação entre a representação social
vigente sobre a exploração sexual e a representação que elas fazem de suas práticas sexuais. Com base na metodologia qualitativa, presente tanto na Psicologia Social quanto na Sociologia, pôde-se inferir que as entrevistadas não se consideram prostituídas, denominando de “ficar” a liberdade sexual que usufruem, o que pelo discurso social é identificado como promiscuidade, aproximando-as dos padrões sexuais das prostitutas. Discutem-se fatores econômicos e subjetivos desse
fenômeno; as contradições do ideário social de amor e sexo e a suposta incapacidade juvenil de fazer escolhas individuais

Objetivos | Equipe | Linha de Pesquisa |Formas de Atuação | Pesquisas | Fotos | Quem pode participar | Contatos
Universidade Federal do Pará - Centro Sócio-Econômico - Curso de Mestrado em Serviço Social. R. Augusto Correa, nº 01. Setor Profissional. Tel/Fax:3183- 2061. Email: gepia@ufpa.br